Notícia

GAMÃO PERDE PARA O PARACATU POR 1 A 0 E SAI ATRÁS NAS QUARTAS DE FINAL DO CANDANGÃO

Foto: Douglas Oliveira/ SEG

#sejasócio

Para continuar em busca do décimo segundo título do Campeonato Candango e a tão sonhada vaga da série D em 2018, a Sociedade Esportiva do Gama precisará mostrar toda sua força na partida de volta das quartas de final. Neste sábado (08), o Mais Querido do DF foi derrotado pelo Paracatu por 1 a 0, no Estádio Frei Norberto, com um gol do meia Dam e saiu em desvantagem no mata-mata.




O JOGO


Debaixo de um sol escaldante na cidade mineira, com os termômetros acima dos 30º C, o Gama começou com iniciativa no ataque, aos três minutos o meia Gordo avança pela direita, mas na hora do cruzamento pega muito mal na bola. O time alviverde continuou sufocando no atacante. Aos cinco, após bela cobrança de escanteio, o zagueiro Pedrão sobe sozinho na pequena área, exigindo boa defesa do goleiro do Paracatu. Aos 25, o árbitro paralisou a partida para a hidratação dos jogadores, já que a temperatura beirava os 32ºC


A partir daí, Gama dominava o setor do meio de campo. Aos 30’, Alvinho recebe ótimo lançamento, mas arbitragem assina impedimento. O banho de água fria veio aos 37’ da etapa inicial, o meia Dim rouba a bola, avança pela esquerda e na entrada da grande área chuta rasteiro sem chance para o goleiro Maringá. Paracatu 1 a 0.


A torcida percebia o melhor momento de sua equipe, mas também entendia que o volume era insuficiente para romper a barreira defensiva do Paracatu. Aos 39’, teve uma briga generalizada. O lateral esquerdo da equipe mineira, Magal, trocou agressões com o zagueiro Pedrão. O árbitro Gildevan Lacerda expulsou os dois atletas.

 

Mais agudo na segunda etapa, o Gama se expôs aos contra-ataques. O alviverde tentou retomar o controle, mas, marcado com eficiência, só conseguiu chutar de longe com o volante Baiano. O lance perigoso veio aos 40’, Paulinho Fernandes cruza na cabeça de Eduardo, e o goleiro, novamente, realizou uma excelente defesa, desfiando para escanteio.

As duas equipes voltam a se enfrentar no próximo dia 16 (domingo), às 16 horas, no Estádio Nacional Mané Garrincha, para definir quem avança à semifinal. Não há vantagem do gol fora de casa no mata-mata do Candangão 2017. Se houver igualdade no saldo de gols, a classificação é decidida na disputa por pênaltis.

 


FICHA TÉCNICA

Paracatu 1 x 0 Gama – Quartas de final | Campeonato Candango

Estádio Frei Norberto

Árbitro: Gildevan Lacerda

Público pagante: 450

Renda: R$ 6.150,00


PARACATU: Jordan, Renato, Breno, Humberto, Magal, Léo Cruz, Caio Cabecinha, Diego Nogueira (Zé Wilson), Anderson Oliveira, Carlos Henrique (Paulinho), Cleiton Júnior (Diógenis). Técnico: Rubio Guerra

GAMA: Maringá, Dudu Gago, Pedrão, Rodrigo Bronzatti, Felipe Assis, Baiano, Eduardo, Michel Pires, Gordo (Paulinho), Alvinho (Bruno), Roberto Pitio. Técnico: Reinaldo Gueldini

Cartão amarelo: Léo Cruz e Diógenis (Paratu) e Baiano (Gama
Cartão vermelho: Magal (Paracatu) e Pedrão (Gama)

Assessoria de Comunicação
Sociedade Esportiva do Gama

VOLTAR