Notícia

GAMA TREINA EM CAMPO REDUZIDO DE OLHO NO JOGO CONTRA O PARACATU

Foto: Douglas Oliveira/ SEG

#sejasócio

Após empate confuso no clássico com o Brasiliense por 1 a 1, a Sociedade Esportiva do Gama voltou ao batente nesta terça-feira (15), no CT Ninho do Periquito. Em cerca de uma hora, a principal exigência foi o toque rápido e a forte marcação. A atividade ocorreu em campo reduzido e o treinador Reinaldo Gueldini dividiu o elenco em três equipes. Os jogadores só podiam dar dois toques e tinham de passar a bola com rapidez e agilidade, num espaço pequeno.


Confiante no elenco gamense, o auxiliar-técnico Jonhes Santos fala sobre o duelo de sábado. “Agora a gente tem que pensar no Paracatu, nosso próximo adversário. Vai ser no estádio deles e é um campo muito difícil de jogar bola. A partida será realizada 17h30, e a gente sabe que a iluminação não é muito boa, mas estamos preparados para isso. E sobre os desfalques, nós temos um elenco muito grande, um elenco bem preparado e todos no mesmo nível. É claro que, prejudica um pouco o conjunto, aqueles que vinham jogando. O que o técnico Reinaldo Gueldini optar para jogar, o atleta vai corresponder e nós não vamos ter problemas”, conclui.

 



SUSPENSOS

 De acordo com a súmula do clássico, o árbitro Almir Camargo expulsou seis atletas do Gama após a confusão, são eles: o goleiro Adilson Maringá, o lateral Dudu Gago, o volante Eduardo e os atacantes Roberto Pitio, Paulinho Fernandes e Raone. Portanto estão fora da partida no fim de semana.




Nesta quarta-feira (16), o grupo alviverde vai a treinar em dois períodos. Gama joga no próximo sábado (18), diante do Paracatu, fora de casa, no estádio Frei Norberto, às 17h30. O jogo é válido pela 10ª rodada do Campeonato Candango.



Assessoria de comunicação
Sociedade Esportiva do Gama

VOLTAR