Em Goiânia, Gama bate Aparencidense em amistoso

12/01/2020

Sol quente, estádio de portões fechados e uma partida muito movimentada. Esses foram os ingredientes do amistoso entre Aparecidense-GO e Gama, segundo amistoso do alviverde no ano de 2020.

O Gama entrou no gramado do Estádio Antônio Accioly, em Goiânia-GO, com o objetivo de uma vitória, já que em seu primeiro compromisso do ano, o alviverde havia sofrido revés diante do Goianésia-GO.

Em campo, o Gama apresentou notória evolução em relação ao primeiro amistoso e, com gol de cabeça marcado por Jefferson Maranhão, o alviverde voltou ao DF com a vitória por 1 x 0 na bagagem.

A próxima partida do Gama será no próximo sábado (18), no mesmo Antônio Accioly, diante do Atlético-GO.

Vitória garantida no primeiro tempo

A partida começou e quem tomou as primeiras ações foi a Aparecidense. Foram quatro boas aproximações perigosas na área alviverde, todas afastadas pela defesa do Gama sem precisar do trabalho de Calaça.

Mas o goleiro brilhou na partida. Aos 15’, em sobra de área na entrada da área, um arremate adversário poderia ter entrado no ângulo do gol se não fosse a defesa monumental do goleiro.

Calaça foi importantíssimo também em outros dois lances, ambos já no final do primeiro tempo. No último deles, o arqueiro se jogou com os pés, na bola, e desarmou o adversário. Antes, uma defesa à queima-roupa evitou o gol de empate goiano.

Minutos antes, com 17 registrados no placar, Marcos Baiano recebeu passe na direita, ajeitou e cruzou na área. Jefferson Maranhão subiu mais do que todo mundo para abrir o placar, de cabeça, mergulhando de peixinho. 1 x 0 para o Gama.

O atacante ainda teve duas oportunidades para ampliar, sendo uma delas um chute indefensável, que só não entrou no gol por ter explodido no poste esquerdo. No último minuto, Maranhão invadiu a área e chutou ao gol, mas a bola ficou com o goleiro.

Pressão adversária: Calaça se consagra

Na segunda etapa, como nas partidas anteriores, Vilson Tadei fez várias substituições, mas de maneira gradual. Na volta do vestiário, Gabriel e David Souza substituíram Marcos Baiano e Luquinhas.

A Aparecidense voltou mais incisiva e ofensiva, levando bastante perigo ao gol alviverde no princípio da etapa final. Os goianos estiveram perto de marcar o empate e, se não fosse Calaça, novamente, a história teria sido outra.

Aos 19’ e 48’ jogados, o goleiro se esticou todo para defender duas cobranças de falta promissoras do adversário. Na última delas, Calaça foi ao seu canto inferior esquerdo, oposto ao da cobrança, para defender magistralmente e evitar o gol goiano.

Chances gamenses

David Souza protagonizou três bons cenários de ataque. Nos dois primeiros, ele cruzou rasteiro para Balotelli e Esquerdinha, que pegaram de primeira, mas as finalizações saíram por cima do gol. O arremate do volante desviou na zaga antes de sair.

O atacante ainda teve a última bola do jogo. Em um contra-ataque de velocidade, ele recebeu passe em profundidade e saiu cara a cara com o goleiro, mas o chute saiu alto demais e a bola foi para fora.

Foi tudo o que as equipes ofereceram. Quatro minutos adicionais depois, a arbitragem encerrou a partida, decretando a primeira vitória do Gama na temporada.

O próximo desafio do Gama será no sábado (18), às 15h30, contra o Atlético-GO, no mesmo Antônio Accioly, casa dos goianos.

 

APARECIDENSE-GO 0 x 1 GAMA

Amistoso – Pré-temporada
12/01/2020 – 16h
Estádio Antônio Accioly – Goiânia-GO

 

GAMA

Rodrigo Calaça; Marcos Baiano (Gabriel), Emerson (Gustavo Rambo), Gustavo (Wallace) e Peu (Paulo Henrique); Wagner Balotelli, Tarta (Filipe Werley) e Esquerdinha (Júlio); Luquinhas (David Silva), Jefferson Maranhão (David Souza) e Nunes (Michel Platini)

Técnico: Vilson Tadei
Gols: Jefferson Maranhão (aos 17’ do 1ºT)
Cartões Amarelos: Esquerdinha, Nunes e Tarta
Cartões Vermelhos: Não recebeu