No apagar das luzes, Gama sofre gol e perde para Goianésia fora de casa

05/01/2020

Na tarde deste sábado (04), o Gama viajou a Goianésia-GO para enfrentar o clube da cidade em seu primeiro amistoso fora de casa. De baixo de chuva, o alviverde viveu bons momentos na partida e esteve próximo de abrir o placar, mas alguns erros de arbitragem pontuais prejudicaram o desempenho do clube na partida. Nos acréscimos do segundo tempo, o Goianésia abriu o placar e triunfou na partida pelo placar mínimo (1 x 0).

O próximo desafio do alviverde será no domingo (12), diante da Aparecidense-GO. Horário e local da partida ainda estão a confirmar.

Primeiro tempo

O Gama começou recuado, estudando os movimentos do adversário na partida. Ainda assim, a primeira trama de jogo foi do alviverde. No primeiro minuto, Tarta recuperou a posse de bola no meio de campo, encontrou Marcos Baiano em velocidade pelo lado direito e lançou o lateral. Baiano cruzou na área, tentando encontrar Nunes, mas a defesa goiana afastou a bola.

Seis minutos depois, o Goianésia já tinha um volume de jogo mais ofensivo na partida. Em um lance de ataque, Willian Kozlowski bateu de longe, buscando surpreender Rafael Copetti. O goleiro gamense, atento, encaixou bem e evitou o gol adversário. No lance seguinte, Lucas aproveitou sobra da defesa alviverde e bateu de primeira, de fora da área. Mas a bola subiu demais, sem perigo de gol.

Com treze minutos registrados no cronômetro, Tarta levantou bola na área em cobrança de falta pela esquerda. A bola foi desviada por Nunes, de cabeça, indo parar nas mãos do zagueiro adversário, sendo afastada logo em seguida. Mesmo sob grande reclamação do banco de reservas do Gama e da torcida alviverde, a arbitragem interpretou o lance como normal e ordenou que o jogo continuasse, não marcando um pênalti claro.

Depois do lance, o Gama passou a gostar de jogo e viveu 20 minutos de domínio. Aos 22’, Luquinhas passou para Esquerdinha, que fugiu da marcação e cruzou para Nunes. O centroavante girou e bateu forte na bola, mas o disparo ficou no último zagueiro. Cinco minutos depois, novo erro de arbitragem. Tarta cobrou falta da intermediária, obrigando o goleiro Luan a espalmar para escanteio. Contudo, o juiz apontou tiro de meta, prejudicando a continuidade da jogada alviverde.

Antes do primeiro tempo acabar, Peu, Jefferson Maranhão e Luquinhas tiveram boas chances de abrir o placar, assustando a defesa mandante. Copetti ainda defendeu um arremate com os peitos e Emerson afastou o perigo, no que foi o último lance do primeiro tempo.

No fim, Tarta e Esquerdinha se desentenderam, ambos levaram cartão amarelo e, como já havia levado o primeiro, o volante foi expulso de jogo.

Segundo tempo

Na segunda etapa, Vilson Tadei sacou Marcos Baiano, Gustavo, Peu, Tarta (por ser amistoso, pôde ser substituído), Esquerdinha, Jefferson Maranhão, Luquinhas e nunes. Em seus lugares, Paulo Henrique, Wallace, Gabriel, Filipe Werley, Norton, Malaquias, David Souza e Michel Platini entraram.

Os 45 minutos finais foram mais amarrados, de poucas chegadas por ambas as equipes. O Goianésia fechou seu esquema quando não estava com a posse de bola e isso dificultou as infiltrações gamenses, que buscou jogo durante toda a partida principalmente pelas laterais. Gabriel, Norton e David Souza se destacaram na armação de jogadas, impondo velocidade para cima da dura marcação goiana.

Com poucas finalizações, restou às equipes o recurso do lançamento longo nos 10 minutos finais de jogo e, numa dessas jogadas, o Goianésia encontrou um gol.

Aos 44 minutos, no apagar das luzes, João Pedro se posicionou dentro da área de defesa alviverde e aproveitou cruzamento alto da direita para subir mais do que todo mundo, fechando as contas no Valdeir José de Oliveira: 1 x 0.

Este foi o primeiro amistoso fora de casa desta pré-temporada do atual campeão de Brasília. A próxima partida do Gama será no dia 12/01, contra a Aparecidense-GO. O alviverde confirmará horário e local durante a semana.

GOIANÉSIA 1 x 0 GAMA

Amistoso - Pré-temporada 
04/01/2020 – 16h
Estádio Valdeir José de Oliveira – Goianésia-GO
 

GAMA

Rafael Copetti; Marcos Baiano (Paulo Henrique), Emerson, Gustavo (Wallace) e Peu (Gabriel); Tarta (Filipe Werley), Wagner Balotelli (Wisley) e Esquerdinha (Norton); Jefferson Maranhão (Malaquias, depois Jefferson Maranhão), Luquinhas (David Souza) e Nunes (Michel Platini)

 

Por Departamento de Comunicação