Gama vence o Real no Mané Garrincha e amplia vantagem

04/04/2019

Hoje, no Mané Garrincha, pela primeira partida da semifinal, o alviverde venceu o Real por 2 a 1, com gols de Mário Henrique e Emerson. Com a vitória, o alviverde está mais próximo da vaga na tão sonhada final - pode até perder por um gol de diferença no jogo da volta.

 

Primeiro tempo pegado

A partida começou truncada. O Gama veio chegar pela primeira vez aos sete minutos, em lançamento para Wisman que o goleiro Léo Rodrigues travou com o atacante.

Daí em diante, o Gama optou pelas bolas alçadas na área e foi em uma delas que veio o gol. Aos 19, em falta na direita, o lateral Mário Henrique bateu forte, a bola atravessou a área e entrou direto no canto. Gama 1 a 0.

O Real tentou se soltar e partir em busca do empate, mas parava na boa partida de Emerson e Gustavo. O Gama respondeu aos 25, em lançamento para Wisman que Leo Rodrigues teve de sair da área para evitar o gol.

O Gama foi controlando a partida e quase marcou novamente, aos 33. Gilsinho recebeu lançamento na esquerda e cruzou rasteiro, o goleiro espalmou para a frente da área e por muito pouco Nunes não marcou. Foi quando veio o golpe no alviverde. Em cobrança de falta pela esquerda, Andrei Alba empatou a partida, colocando a bola no ângulo.

 

Segundo tempo arrasador

O alviverde voltou para a segunda etapa impiedoso. Aos quatro minutos já tinha chegado por três vezes, na melhor delas chegou a balançar as redes, em cabeçada de Wisman, anulada pelo assistente.

Sempre atacando, o alviverde teve duas chances claras em sequência. Aos 16, Tarta fez jogada rápida, passou para Nunes que devolveu para o volante já entrar sozinho na área. Tarta até tentou driblar o goleiro, mas foi travado. Dois minutos depois, bola alçada na área, Nunes escora para Gilsinho que mesmo caído deu um belo chute, tirando tinta da trave.

De tanto martelar, a bola entrou. Aos 27, bola alçada na área em escanteio, o zagueiro Emerson subiu mais que a defesa e cabeceou para o fundo das redes. Gama 2 a 1.

O alviverde não se conteve e permaneceu no ataque. Aos 33, cruzamento rasteiro da direita, Nunes desvia de carrinho e a bola saiu raspando a trave direita. Quatro minutos depois, novamente Nunes, sempre de cabeça, dessa vez o goleiro salvou.

O Real tentou correr atrás do empate, porém não conseguiu marcar. A partida terminou em 2 a 1 para o alviverde.

Vantagem ampliada

O Gama, melhor na primeira fase, tem a vantagem do empate na soma dos jogos, portanto, uma derrota por um gol de diferença no próximo confronto classifica o Gama para a grande final. A segunda partida será no estádio Bezerrão, domingo (7), às 17h.

 

REAL 1X2 GAMA - CANDANGÃO 2019 (JOGO 1 - SEMIFINAL)

Data: 04/04/2019

Local: Estádio Mané Garrincha, Brasília (DF)

Público: 1.776 pagantes

Renda: R$ 26.300,00

Árbitro: Almir Camargo

REAL: Leo Rodrigues; Caique, Hyago, Jailton e China; Graxa, Andrei Alba, Robinho (Paulinho) e Felipe Cirne; Kaio Nunes e Murilo Magno (Daniel). Técnico: Paulo Pereira

GAMA: Calaça; Felipe Tavares, Emerson, Gustavo e Mário Henrique; Wagner, Tarta (Júlio César) e Gilsinho (Wanderson); Wisman, Jefferson Maranhão (Felipe Werley) e Nunes. Técnico: Vilson Tadei

GOLS: Mário Henrique (19'/1T) e Emerson (27'/2T); Andrei Alba (39'/2T)

 

Fértil Comunicação