Apoteose no clássico

17/03/2019

No duelo de líderes do Candangão reinou o alviverde. Com o Bezerrão lotado, o atacante Nunes, de pênalti, garantiu a vitória do Gama e a liderança isolada.

Novamente, brilhou Nunes

O Gama começou tomando a atitude. Logo aos quatro minutos, Nunes já começou a mostrar que a tarde seria dele. Gilsinho lançou o atacante que, da esquerda, fintou a marcação e encheu o pé. A bola tirou tinta do travessão.

Dois minutos depois, novamente Nunes apareceu. Em bola alçada na área, o atacante dividiu com Sucuri e quase colocou para dentro.

O alviverde mandava na partida, o zagueiro Emerson quase marcou um golaço, de bicicleta, após bate-rebate na área. A rede até balançou, com Victor Xavier, mas o assistente assinalou o impedimento.

Porém, o mesmo Victor Xavier foi o protagonista do lance que rendeu o gol da vitória. Aos 21, o atacante recebeu lançamento, tirou o goleiro Sucuri e foi derrubado. Pênalti assinalado pelo árbitro Rodrigo Raposo.

O atacante Nunes foi lá e bateu forte, no canto direito. O goleiro do rival nem saiu na foto. Foi o quinto gol de Nunes no Candangão, que se igualou ao também alviverde Jefferson Maranhão na artilharia do campeonato.

O Gama fez o gol, mas continuou em cima. Aos 27, em jogada do trio de ataque alviverde, Victor Xavier recebeu na direita e só não marcou porque foi travado. Aos 40, Mário Henrique recebeu lançamento na esquerda e tocou por cima de Sucuri, que com a ponta dos dedos conseguiu salvar.

Na volta do intervalo, o Gama voltou mais conservador, esperando o rival no campo de defesa e apostando nos contra-ataques. O Brasiliense apostava bastante nas jogadas aéreas, principalmente pela direita, porém a dupla Gustavo e Emerson estavam em uma tarde inspirada, nada passava.

Apesar disso, foi o Gama que levou perigo primeiro na segunda etapa. Jefferson Maranhão fez grande jogada e rolou para Tarta, que enfiou um canudo raspando o travessão.

A melhor jogada de ataque do Brasiliense saiu aos 31, quando Maikon Leite parou no paredão Calaça. O goleiro alviverde segurou firme um chute cruzado do jogador amarelo.

O astro da tarde, o atacante Nunes, quase deixou o segundo dele. Em um contra-ataque fulminante, Tarta arrancou pela esquerda, se livrou da marcação e cruzou rasteiro para Nunes, de carrinho, mandar a bola tirando tinta da trave. Foi a última oportunidade da partida, que terminou em 1 a 0 para o alviverde.

Duelo de invictos

Após derrubar a invencibilidade do arquirrival Brasiliense, o Gama enfrentará na próxima quarta-feira (20) outro invicto, o Real, terceiro colocado no Candangão. O duelo está marcado para o estádio Mané Garrincha, sem horário confirmado ainda.

 

GAMA 1X0 BRASILIENSE - CANDANGÃO 2019 (9° RODADA)

Data: 17/03/2019

Local: Estádio Bezerrão, Gama (DF)

Público: 9.155 pagantes

Renda: R$ 112.550,00

Árbitro: Rodrigo Raposo

GAMA: Rodrigo Calaça; Alex Santos (Lúcio), Gustavo, Emerson e Mário Henrique; Tiago Gaúcho (Wisman), Tarta e Gilsinho (Wagner); Jeferson Maranhão, Vitor Xavier e Nunes. Técnico: Vilson Tadei

BRASILIENSE: Edmar Sucuri; Alex Murici, Lúcio, Badihuga e Gleissinho; Geovane, Erick Flores (Maikon Leite) e Emerson; Almir (Morais), Reinaldo e Romarinho (Gilvan). Técnico: Adelson de Almeida

GOL: Nunes (21'/2T)

Cartões amarelos: Jefferson Maranhão (Gama); Geovane (Brasiliense)

 

Por Gabriel Caetano/Fértil Comunicação