Menu

Maior campeão do Distrito Federal

Seja Sócio Gamão Acesse o Site

Próxima Notícia

+ ver mais notícias

GAMA UTILIZA DRONE PARA APRIMORAR DESEMPENHO

A Sociedade Esportiva do Gama está sempre em busca de engrandecer o poderio de seus elencos. Em 2020, a uma semana da estreia na Série D do Brasileirão, o Maior do DF segue fortalecendo seus trabalhos visando levar os bons resultados do estadual para a competição nacional. 

Para “garimpar” maneiras de evoluir tática, técnica e fisicamente, o alviverde encontrou na tecnologia um grande aliado. A chegada do auxiliar técnico Gabriel Magalhães, que se juntou a comissão formada por Vilson Tadei, Mayco Tadei e Reinaldo Gueldini, trouxe também um novo aliado para as observações técnicas dos profissionais: o uso de drones. 

EVOLUÇÃO DE MODO GERAL 

Gabriel Magalhães explica que trouxe a novidade após observar seu uso em seu antigo clube, o Corinthians/SP: “A tecnologia veio para facilitar e diminuir o tempo do trabalho. Atuei quase quatro anos como analista de desempenho no Corinthians e lá nós filmávamos os treinos, o que nos dava uma velocidade na observação de cenários de jogo. Os drones chegaram a ser utilizados pelo analista de Fábio Carille e então tive o desejo de implementar seu uso em minha metodologia de trabalho”, explica. 

O auxiliar explica que filmar os trabalhos no CT facilita para todas as áreas do clube: “A gente precisa ser rápido no futebol. As vezes acontece de ter até três jogos numa semana e com filmagens, é possível corrigir erros que antes demandariam um tempo que não teríamos”, aponta. Com as filmagens, o preparo físico comandado por Cléber Augusto, auxiliado por Alisson Martins, Renan Costa e o fisiologista Philippi Coutinho também tem aproveitado de um aprimoramento significativo para o desempenho do clube dentro de campo. 

VISÃO PRIVILEGIADA 

Gabriel destrincha outros benefícios do uso do drone nos treinos do Gama. Ele explica que o ângulo das filmagens facilita o trabalho de Vilson Tadei: “Uma das minhas ideias em trazer o drone foi essa: a gente tem o mesmo ângulo de visão dos atletas. Com uma câmera em um drone, o treino é filmado por um ângulo privilegiado, o que facilita na hora de identificar erros táticos e corrigi-los”, pondera. 

Além disso, a fisioterapia do clube que conta com Alessandro “Criolo”, Rafael Castilho e o ortopedista Márcio Paes Leme, também conta com benefícios dos ângulos de filmagem: “Durante os treinos, a gente move o drone para posições mais próximas dos atletas e monitora com mais precisão a movimentação em campo de jogadores que possam estar voltando de lesão, por exemplo. Essa é a vantagem do drone sobre as câmeras fixas”, conta Magalhães. 

CONTRATAÇÃO DE ATLETAS 

Até mesmo a diretoria pode aproveitar essas filmagens. Isso se deve ao fato de que, com os trabalhos registrados em vídeos, os diretores podem conversar com a comissão técnica e avaliar seu determinado atleta se encaixa no time: “A praticidade de gravar os treinos é que a diretoria já tem registrado o desempenho do atleta a ser contratado em vídeo, por exemplo. Isso facilita um trabalho que antes teria de aguardar até ver o atleta em campo”, pondera.

ASCOM S.E GAMA
Gabriel L. Mesquita 

Próxima Notícia

+ ver mais notícias

Patrocinadores

Apoio