Menu

Maior campeão do Distrito Federal

Seja Sócio Gamão Acesse o Site

Próxima Notícia

+ ver mais notícias

JUNTOS NA BARRIGA E AGORA NO GAMÃO

O futebol, tal qual a vida, é uma caixinha de surpresas e, constantemente, reúne histórias curiosas em campo. Não diferente, na Sociedade Esportiva do Gama de 2020, equipe bicampeã do Distrito Federal, o futebol também tem reservado boas histórias.

É fato que o ano tem imposto seus desafios, mas o Maior do DF tem obtido sucesso em seus objetivos, tanto que ergueu a taça de campeão estadual pelo segundo ano consecutivo. Seja como for, é fato que o torcedor alviverde tem se animado com o clube de seus amores em um ano que não tem sido fácil de um modo geral, dentro e fora de campo.

FUTEBOL QUE CORRE NO SANGUE

Um dos destaques da reta final do Candangão, o atacante Everton, que o diga. Logo em sua estreia, diante do Real Brasília, pela 11ª rodada do Candangão, Everton marcou um senhor golaço, quando deixou dois marcadores do adversário para trás e mandou para as redes a bola que deu a vitória por 2 x 0 do alviverde.

Após aquela partida, Everton continuou a apresentar um bom futebol e se tornou titular da equipe comandada por Vilson Tadei. E, dias depois de beijar a taça de campeão, o atacante soube de uma grata surpresa: atuaria junto de seu irmão ostentando o manto de maior tradição na capital federal.

O também atacante Ueslei, irmão gêmeo de Everton, ainda não fez sua estreia pelo Gama. Assistiu a vitória por 1 x 0 do Gama sobre o Atlético de Alagoinhas em Brasília, mas garante que já está pronto para atuar defendendo as cores do alviverde: “Mal posso esperar. O elenco é unido, o clima dentro de campo é muito bom e eu quero levar alegrias a essa torcida que é conhecida pelo seu apoio incondicional”, afirma o atacante.

ATUAR LADO A LADO

Os irmãos já jogaram juntos no passado. Atuaram por Itapirense/SP, Brasilis/SP, Palmeiras/SP (categorias de base) e pelo Krymteplystsia, da Ucrânia.

Ueslei se mostra confiante em atuar com o irmão ostentando a mais pesada da capital: “Temos entrosamento, o que é muito importante. Acredito que vai dar certo, sempre tivemos essa ligação pelo parentesco. Então temos tudo para fazer uma ótima passagem pelo Gama”, conta o atacante. E ele se diz ansioso: “Estou ansioso sim. O Gama é um clube grande e tem uma grande torcida, mas ao mesmo tempo eu estou tranquilo, pois estou fazendo uma boa preparação”, explica.

Everton também se mostra ansioso em atuar ao lado de Ueslei: “É como ele disse, somos entrosados. Atuamos juntos desde sempre (risos) e para a gente é muito natural procurar um ao outro em campo”, conta.

E eles são confiantes a respeito do futuro no Gama: “Acho que tem tudo para dar certo. Deu certo no Krymteplystsia, deu certo em São Paulo, acho que com o tempo a gente vai se encaixar no esquema do time”, conta Everton. E Ueslei não discorda: “Tem tudo para dar certo, como já deu em outras oportunidades. E agente quer fazer história no Gama”.

Série D

A palavra de ordem no Gama é acesso. E os gêmeos têm consciência disso, mas também sabem que cada jogo tem sua história particular: “O objetivo é o acesso, disso não tem como fugir. Mas vamos pensar num jogo de cada vez. Assim chegaremos nesse objetivo com certeza”, diz Everton.

Ueslei mostra admiração pelo irmão e diz que quer seguir os passos escrevendo seu nome na história do alviverde: “Meu irmão foi campeão aqui, escreveu o nome dele na história do Gama. Quero fazer o mesmo e seria uma satisfação fazer isso alcançando o acesso. Um sonho”, explica. E ele completa: “O Gama vem forte para essa Série D. Somos candidatos ao acesso, disso não tenho dúvida alguma”.

E a competição já começou bem para o Maior do DF. Ontem, 19/09, o alviverde bateu, fora de casa, o Atlético-BA por 1 x 0. O gol foi de Vitor Xavier, mas a assistência foi de Everton. A próxima partida será no sábado (26), 17h, diante do Brasiliense, no Bezerrão.

ASCOM S.E GAMA
Gabriel L. Mesquita

Próxima Notícia

+ ver mais notícias

Patrocinadores

Apoio