Gama bate o Real e termina em segundo lugar na primeira fase do Candangão; Luziânia será o adversário nas quartas-de-final

 

 

No encerramento da primeira fase do Campeonato Candango 2018, a Sociedade Esportiva do Gama derrotou o Real por 1 a 0 na tarde desta quarta-feira (14), no estádio Bezerrão. O triunfo foi conquistado graças ao gol de Fábio Gama, aos 35 minutos do primeiro tempo. A vitória levou o Gama aos 23 pontos na tabela, o que garantiu a equipe em segundo lugar. O adversário nas quartas-de-final será o Luziânia, que terminou na sétima posição. Pela melhor campanha, o Gama decide em casa e tem a vantagem de jogar por dois resultados iguais.

O jogo

No duelo, Gama estreou a camisa 3 comemorativa da fornecedora Petrucci e deu muita sorte em sua primeira apresentação. O primeiro tempo foi de amplo domínio do Gama. Apesar disso, a equipe demorou alguns minutos para criar chances reais de gol sem que seu ataque tenha sido bloqueado pela defesa do Real ou flagrado em posição de impedimento.  Foi assim, por exemplo, quando Lúcio desviou de cabeça o cruzamento de Fábio Gama e acertou a trave em lance anteriormente paralisado por impedimento do zagueiro.

Aos 24, Tarta teve boa chance em cobrança de falta da entrada da área. O atleta bateu colocado, no contrapé do goleiro, mas a bola foi por cima do gol. Mas se Tarta não teve a felicidade para marcar, outro destaque gamense no torneio teve esta honra. Aos 35, Robston, no meio campo, observou a boa movimentação do ataque e lançou para Fábio Gama. A bola foi precisa e encontrou o meia que, da entrada da área, se antecipou ao goleiro e desviou de cabeça para o gol vazio: Gama 1 a 0.

 

 

O Gama chegou a marcar novamente aos 41, mas o gol foi anulado. Em cobrança de falta, Fábio Gama cruzou na área. Raphael desviou de cabeça, o goleiro Rafael Dida espalmou e David Dener, no rebote, mandou para o gol, enquanto era assinalado impedimento do atacante.

Apenas aos 43, aconteceu o primeiro e único lance de perigo dos visitantes em todo o primeiro tempo. Em um arremate de longe, Victor Brasil fez grande defesa, indo buscar a bola no ângulo e espalmando para escanteio.

Na volta do intervalo, o Real mostrou bom futebol nos primeiros minutos da segunda etapa, conseguindo mais finalizações ao gol defendido por Victor Brasil.

O Gama não ficou para trás e poderia ter ampliado aos 11 minutos. Tarta iniciou a jogada e cruzou para a área. A zaga rebateu mal e David Dener, na sobra, mandou por cima do gol. Em chute de longa distância, aos 22, Felipe Werley também exigiu boa defesa do goleiro, assim como aos 28, no chute dado por Tarta após tabela com Fábio Gama.

Até que aos 40 minutos, o Gama recuperou a bola no campo ofensivo, após erro da defesa do Real. Ela chegou em David Dener, que após tabela com Robston, foi derrubado na área: penalidade máxima. Na cobrança, Robston bateu no canto esquerdo, o mesmo em que o goleiro Rafael Dida pulou para efetuar a defesa. Menos mal que o lance não fez falta ao Alviverde, que manteve o placar até o fim e assegurou os três pontos: Gama 1 x 0 Real.    

 

 

Um dos destaques do jogo e autor do gol da vitória, Fábio Gama valorizou a colocação obtida pela equipe e analisou o jogo. “Foi uma partida muito difícil e felizmente conseguimos nosso objetivo, que era a classificação. Nosso intuito era terminar em primeiro. Ficamos em segundo. Fizemos uma ótima primeira fase e é agora que o campeonato começa. É descansar bem, trabalhar, consertar o que tiver que consertar para que sábado possamos estar inteiros e assim conseguir um bom resultado contra nosso próximo adversário (o Luziânia)”, relatou. “O Luziânia é uma equipe muito perigosa e que temos que respeitar, mas temos que impor nosso ritmo de jogo desde o início, tanto fora como dentro de casa e assim já buscar um bom resultado na ida”, completou o camisa 10 alviverde.

 

 

Com a equipe sem perder desde a quinta rodada, o zagueiro e capitão Lúcio ressaltou a evolução do time nos últimos jogos. “A cada dia estamos melhorando, claro que observando alguns pontos que precisam ser mais treinados, tendo mais atenção. E sempre há alguma coisa para melhorar. Esperamos ter, nos próximos dias, consciência disso e assim voltar melhor para a próxima partida”.

Lúcio também projetou os desafios para o confronto da próxima fase, o duelo diante do Luziânia. “É um time difícil. Estão invictos em seus domínios. Mas é uma boa oportunidade e também um desafio para nós de ir até lá e sair com o resultado positivo. Sabemos que será um jogo difícil, mas sabemos que nosso time tem qualidade ter um bom desempenho e sair com o resultado que esperamos, a vitória”, revelou.

Desta forma, Luziânia e Gama voltarão a se enfrentar nas quartas-de-final do Candangão 2018. Nesta quinta-feira (15), uma reunião na Federação de Futebol do Distrito Federal irá confirmar os dias e horários do confronto. A partida de ida ocorre já neste fim de semana. A volta, no Bezerrão, será no meio da próxima semana. Pela primeira fase, as equipes empataram em 0 a 0 em confronto realizado no último dia 7, no estádio Serra do Lago, em jogo da 10ª rodada.

 

 

 

FICHA TÉCNICA

Campeonato Candango – 11ª Rodada

Quarta-feira, 14/03/2018 – 15h 30 - Estádio Bezerrão

Gama 1 X 0 Real

Gols: Gama – Fábio Gama (35’ 1T)

Público pagante: 678

Renda: R$ 7.350,00

 

Escalações:

Gama: Victor Brasil; Tarta, Lúcio, Raphael, Rafinha; Filipe Werley, Robston, Wanderson (Lucas Judvan), Fábio Gama, Fernandinho (Wagner Balotelli) e Fábio Saci (David Dener). Técnico: Ricardo Antônio.

Real: Rafael Dida; Dedê, Vitor Hugo, Hyago, Brenner; Pedro Ayub, Robinho, Baiano, Kaio, Daniel e Pedrinho. Técnico: Gilmar Da Luz Gasparoni




Reforço

Sabendo que hoje é o último dia para reforços, a Sociedade Esportiva do Gama confirmou também a contratação de mais um jogador para contribuir com a equipe na reta final do Campeonato Candango. Trata-se do lateral direito Alex Santos. O jogador tem 32 anos e estava no Parnahyba, do Piauí.

 

 

Assessoria de Comunicação
Sociedade Esportiva do Gama