Gama domina o Samambaia e vence mais uma no Candangão

 

A Sociedade Esportiva o Gama conquistou sua terceira vitória consecutiva no Candangão 2018. Na noite desta segunda-feira (5), o Alviverde dominou a partida e venceu o Samambaia por 3 a 0, no estádio Bezerrão. Fábio Saci abriu o placar no primeiro tempo e com gols dos laterais Murilo e Rafinha, o time fechou a conta na segunda etapa. Com o resultado, o Maior do DF vai aos nove pontos, alcançando o segundo lugar na classificação do torneio.

 

 

O jogo

O primeiro gol gamense saiu logo aos três minutos e em jogada confusa. Wanderson recebeu em profundidade. A bola correu demais e obrigou o jogador a dividir com a defesa. Após a dividida a bola sobrou para Fernandinho, que deixou de lado para Fábio Saci, sem marcação, completar sem chances de defesa para o goleiro Uoston, do Samambaia.

 

 

Mesmo com o gol, o Alviverde não diminuiu o ritmo e continuava apertando a saída de bola do Samambaia e criando chances para ampliar. Aos nove, Fábio Saci recebeu na direita, avançou com a bola e da quina da área finalizou forte, mas a bola saiu à esquerda do gol. Já aos 17, foi Wanderson quem arriscou de fora da área. A bola saiu próxima à trave direita do goleiro.

Nos minutos seguintes, Tarta foi quem mais chegou perto de marcar. Aos 26, em cobrança de falta, o jogador bateu colocado, mas o goleiro Uoston foi buscar no canto direito, mandando para escanteio. No minuto seguinte, ele chutou de longe, mas a bola subiu demais e saiu pela linha de fundo. E por último aos 33, finalizou para fora uma boa jogada que envolveu ainda Fernandinho e Wanderson.

Quem também fez a torcida quase gritar gol foi Fernandinho. Aos 34, ele recebeu na entrada da área, cortou para o meio e chutou forte. A bola foi na rede pelo lado de fora após um leve desvio do goleiro. No primeiro tempo, ainda deu tempo de Fábio Saci completar cruzamento de Murilo e quase marcar. 

Nos primeiros minutos após a volta do intervalo, em duas oportunidades os visitantes colocaram risco a vantagem gamense. Aos três minutos, após bom chute que passou pouco acima do ângulo esquerdo defendido pelo goleiro Léo. E aos cinco, quando o próprio Léo fez excelente defesa à queima roupa.

O bom momento dos visitantes durou pouco e já aos 11 minutos, o Gama quase ampliou. Após cruzamento rasteiro, Fernandinho dividiu com o zagueiro. A bola resvalou no defensor e tomou o caminho do gol, mas o goleiro Uoston foi ágil e conseguiu mandar para escanteio. Na cobrança, a bola foi alçada na área e Jacó subiu mais alto para cabecear firme e exigir grande defesa do arqueiro.

As coisas ficaram mais fáceis para o Gama aos 20 minutos, quando Cereso levou o segundo amarelo e foi expulso.

A resposta do Gama foi com gols. Aos 34, Fernandinho fez excelente jogada individual. O atacante passou por quase toda a defesa e chutou na saída do goleiro Uoston, que defendeu com o pé. No rebote, Murilo aproveitou o gol vazio para estufar as redes e fazer Gamão 2 a 0.

Já o terceiro saiu no último minuto. Aos 47, Robston roubou a bola no meio de campo e tocou em profundidade para Tarta. O jogador passou pelo goleiro e deixou para Rafinha chutar forte para o gol vazio, fechando o placar em 3 a 0 a favor do Gama.

Marcando pela segunda vez consecutiva, o lateral Murilo comemorou a fase artilheira e analisou como foi a partida. “Fizemos um grande jogo, em que a gente se impôs desde o início. No segundo tempo voltamos um pouco ‘moroso’. Mas depois de uma conversa entre nós, jogadores, acertamos os erros. Na sequência, um jogador deles foi expulso e tomamos conta da partida. A equipe está de parabéns pela crescente no campeonato. Muitos duvidaram da nossa capacidade, mas estamos mostrando nossa força. Agora é focar para o próximo jogo, o clássico. É um jogo que decidido por detalhes e temos que estar concentrados e focados desde já para este jogo”, relatou o jogador. 

 

A vitória teve um gosto especial para o lateral Rafinha. Um dos jogadores do atual plantel mais identificados com o clube, o atleta enfrentou dificuldades para ter uma sequência nas últimas temporadas por conta de lesões. Rafinha falou sobre esta retomada na carreira. “Fiquei emocionado. Todos sabem da minha recuperação, de todo o trabalho que tive para voltar. E agradeço a quem me ajudou durante minha recuperação e a quem torceu por mim. Sabia que minha vez iria chegar. Vinha trabalhando, me dedicando muito e fui coroado com este gol que ajudou o Gama a sair com a vitória”.

Rafinha também projetou o próximo jogo, o clássico diante do Brasiliense, em que a equipe buscará o quarto triunfo seguido no campeonato. “Vamos nos recuperar, descansar bem para entrar forte no clássico. O time está focado, está empenhado e vamos em busca da quarta vitória”. 

O alviverde volta a campo na próxima sexta-feira (9), às 20h. A equipe faz o grande clássico da capital federal diante do Brasiliense, em jogo da quinta rodada do Candangão 2018.

 

FICHA TÉCNICA

Campeonato Candango – 4ª Rodada

Segunda-feira, 05/02/2018 – 20h - Estádio Bezerrão

Gama 3 X 0 Samambaia

Gols: Gama – Fábio Saci (3’ 1T) Murilo (34’ 2T) e Rafinha (47’ 2T)

Público pagante: 1.592

Renda: R$ 17.935,00

 

Escalações:

Gama: Léo; Murilo, Lúcio (Felipe Marcelino), Jacó, Rafinha; Filipe Werley (Wagner Balotelli), Tarta, Robston, Wanderson (Fábio Gama), Fernandinho e Fábio Saci. Técnico: Ricardo Antônio.

Samambaia: Uoston; Sapo, Gaia, Anderson, Júlio Cesar; Jorge, Neiva, Felipe, Kiko; Cereso e Amoroso. Técnico: Danilo Fiuza


Assessoria de Comunicação
Sociedade Esportiva do Gama