Novos rumos: Gama vence o Formosa por 2 a 0 e se recupera no Candangão

 

 

A Sociedade Esportiva o Gama se reabilitou no Campeonato Candango 2018. Após o revés na estreia, neste domingo (28), o Alviverde venceu o Formosa por 2 a 0, em pleno estádio Diogão, no interior goiano. Robston, de pênalti, ainda no primeiro tempo e Felipe Marcelino, na etapa final, fizeram os gols da vitória. O Gama chegou aos três pontos e ocupa neste momento a quarta colocação no torneio.

 

O jogo

Tomando a iniciativa no início do jogo, o Gama assustou logo em sua primeira chegada ao ataque. Aos dois minutos, Tarta recebeu de David Dener e da entrada da área finalizou forte. A bola passou perto da trave direita do goleiro.

Aos 10, o grito de gol até saiu, mas a comemoração logo foi contida. Isso porque, após tabela com Robston, David Dener concluiu de primeira para o gol. O lance, no entanto, do anulado por impedimento do atacante.

 

Quatro minutos mais tarde, Fernandinho recebeu pela ponta esquerda e finalizou da entrada da área. A bola passou pouco acima do travessão. Já aos 34, foi a vez de Tarta chutar rasteiro, de fora da área, e ver a bola passar à direita do gol.

A pressão enfim deu resultado aos 40 minutos. Rafinha foi a linha de fundo e buscou o cruzamento rasteiro. De carrinho, o defensor tentou cortar, mas interceptou a trajetória da bola com o braço. Pênalti para o Gama. Na cobrança, Robston deslocou o goleiro e colocou o Gamão na frente: 1 a 0.

 

 

O segundo gol não demorou a sair e veio logo após a volta do intervalo. Com dois minutos, após cobrança de escanteio curta, Tarta cruzou na área para Felipe Marcelino testar forte para as redes: 2 a 0 Gama.

O gol deu tranquilidade ao Gama e obrigou o Formosa a adotar postura mais ofensiva. As principais tentativas, no entanto, eram bem desarmadas pelo sistema defensivo gamense. Ainda assim, aos 21, Fábio Gama recebeu ótimo passe de Tarta e, da entrada da área, bateu colocado. A bola caprichou, mas saiu rente ao travessão.

Enquanto isso, o técnico Ricardo Antônio aproveitou para modificar o time e observar jogadores que vinham do banco. Assim, realizou as três substituições que tem direito. Saíram Murilo, Fábio Gama e Fernandinho para as entradas de Marcos Douglas, Almir Dias e Gordo, respectivamente.

Até o fim do jogo, o Formosa quase descontou. Na melhor chance dos mandantes, a bola explodiu no travessão do goleiro Léo, após pancada de fora da área. Já o Gama, ainda chegou com perigo aos 39, com David Dener arrematando de primeira e por cima do gol um cruzamento vindo da esquerda. E assim terminou: Formosa 0 X 2 Gama.

Feliz por seu primeiro gol no campeonato, o meia campista Robston analisou a partida.  “Acho que fizemos um primeiro tempo excelente. O adversário praticamente não chegou no nosso gol. E nós criamos bastante. Acho que ainda estamos pecando no último passe. No segundo tempo, fizemos o gol e começamos bem. A partir dos 25 minutos, devido ao forte calor, ao desgaste físico e emocional da equipe, diminuímos o ritmo, mas ainda assim, conseguimos controlar a partida”.

Robston também falou sobre a emoção por marcar o gol e superar a imagem negativa deixada na primeira partida do Candangão. “É um sentimento gostoso. Foi uma semana difícil, onde fui bastante criticado. Sabemos que vestir a camisa do Gama não é fácil. Recebi muito apoio para esse jogo, dos meus companheiros e do professor Ricardo Antônio, com quem já havia trabalhado. E deu tudo certo. O gol só vem a aumentar a confiança que tenho no meu futebol. O jogo contra o Bolamense é para esquecer e que possamos daqui para frente alçar voos maiores”, desabafou o atleta.

Autor do segundo gol, o zagueiro Felipe Marcelino comemorou o feito e projeta a sequência da equipe na competição. “A vitória foi muito importante. E essa semana precisamos trabalhar mais forte para no próximo jogo conquistar mais três pontos e consagrar a ascensão do time”, disse.

Felipe, que substituiu o zagueiro Lúcio nesta partida, ainda relatou sobre a responsabilidade de assumir este posto e enalteceu a importância do jogador para o time. “Sou um grande fã do Lúcio. Sempre acompanhei a história dele. E hoje, poder substituir ele, é muito bom. Mas esperamos a volta dele. Ele é um líder na nossa equipe. Esperamos que sua recuperação seja breve para que possa ajudar o time”, contou.

 O Alviverde volta a campo na próxima quinta-feira (1/2), às 20h. O time enfrenta o Paranoá, no estádio Bezerrão, pela terceira rodada do Campeonato Candango 2018.

 

 

 

Ficha técnica

 

Campeonato Candango 2018 - 2 rodada

Domingo, 28/01 - 17h

Estádio Diogão (Formosa)

Formosa 0 X 2 Gama

Gols: Gama: Robston (40' 1T) e Felipe Marcelino (2' 2T)

 

Escalações:

Gama: Léo; Murilo (Marcos Douglas), Felipe Marcelino, Jacó e Rafinha; Filipe, Tarta, Robston e Fábio Gama (Almir Dias); Fernandinho (Gordo) e David Dener. Técnico: Ricardo Antônio

Formosa: Pedro Ferreira; Daniel Costa, Bruno Silva, Bruno Everton e André Luiz; Nildo, Vecci (Albano), Pedro Augusto e Cardoso; Pedro Paulo (Araújo) e Marco Aurélio (Dudu). Técnico: Lucas de Oliveira

 

Assessoria de Comunicação
Sociedade Esportiva do Gama